Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial

BIOTA-BIOLUMINESCENTE

besouros3

O Projeto Biota-Biolum integra o programa BIOTA-FAPESP e tem como objetivo investigar  a biodiversidade de organismos bioluminescentes da fauna brasileira de forma multidisciplinar, abordando os aspectos bioquímico, evolutivo e ecológico,  com a finalidade de sua utilização como bioindicadores para fins de conservação ambiental. O projeto está sediado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Campus de Sorocaba, e envolve a participação de outras instituições no Brasil  e no exterior,  em uma equipe multidisciplinar constituída por entomólogos, biólogos moleculares, bioquímicos e químicos.

BIOLUMINESCÊNCIA
A bioluminescência é a emissão de luz fria e visível por organismso vivos. Ela ocorre em variados organismos (bactérias, fungos, algas, celenterados, moluscos, artrópodes, peixes), principalmente no ambiente marinho. No ambiente terrestre ela ocorre em fungos, anelídeos, moluscos e principalmente nos insetos. Ela serve principalmente para finalidades de comunicação biológica. A bioluminescência é gerada por reações químicas altamente exotérmicas, nas quais moléculas genericamente denominadas de luciferinas são oxidadas por oxigênio na presenca de enzimas chamadas de luciferases, produzindo moléculas eletrônicamente excitadas que decaem emitindo luz. A bioluminescência constitui uma das assinaturas da vida, e por esta razão ela serve como um excelente bioindicador desde o nível molecular até o nível ambiental.

Ações do documento


logo-biota-fapesp

 

« Outubro 2017 »
Outubro
SeTeQuQuSeSaDo
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031